Animal tinha quatro anos e se machucou ao pular durante retirada de sêmen para inseminação. Ele era usado para inseminação de fêmeas e venda de ovos.

Um galo da espécie índio gigante, com 1,28 metro, foi sacrificado no domingo (19), em Porto Seguro, no sul da Bahia, após sofrer uma necrose na asa.

O galo, chamado Golias, tinha quatro anos. O ovo dele foi comprado em Minas Gerais, mas ele nasceu em Porto Seguro, conforme detalhou Mauro Alvaréz, dono do animal.

O criador disse que Golias é considerado o maior galo do mundo. Um galo comum mede entre 60 e 80 centímetros.

 

 

Mauro, que é integrante da Associação de Criadores de Índio Gigante da Bahia, informou que Golias ficou com o título de maior galo não só do Brasil, como do mundo, pois não se tem notícia de ter animal maior que ele.

Além de impressionar pelo tamanho, o galo era usado para inseminação de fêmeas. Os ovos também eram vendidos para todo o Brasil e já foram enviados para Índia e África.

Com a morte de Golias, quem assumiu o lugar dele foi o Spartacus que é de Minas Gerais, do mesmo criatório de onde que veio Golias. Spartacus também mede 1,28m.

Conforme detalhou o criador, o machucado de Golias ocorreu há cerca de 45 dias quando ele pulou e feriu a asa durante a retirada de sêmen para inseminação.

O produtor informou que os clientes que já compraram os ovos de Golias e ainda estavam na lista de espera vão poder ter um exemplar do filho de Golias, Kamaro – que tem 1,17 metro -, ou receber o dinheiro de volta.

 

Fonte: Correio

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Abrir conversa
Precisa de ajuda?
Olá! 👋🏼
Precisa de ajuda?
Powered by